5 alternativas mais baratas que o Acrobat para edição de PDFs

Faça anotações, adicione marcas d’água, combine e divida documentos e ainda economize um dinheirinho com estas ferramentas.

Por Christopher Null, PCWorld EUA

Editar um documento PDF é fácil, basta usar o Adobe Acrobat. O problema é que não é barato: a “Standard Edition”, que é a mais barata, custa US$ 299. E a versão “Pro” sai por US$ 449.

Felizmente há muitas opções mais baratas, tanto em termos de software tradicional quanto serviços na nuvem. As alternativas que escolhemos são adequadas para uso “leve”, ou seja, para alguém que precisa de mais do que um simples visualizador de PDFs e faz uso regular de ferramentas típicas de edição como anotações, assinaturas e marcas d’água, além de conversão entre formatos e da capacidade de combinar, dividir, rearranjar e reorientar documentos. São pessoas que não está usando um editor de PDFs para criar documentos do zero, embora numa emergência estas ferramentas também sirvam para isso.

Nitro Pro 9, US$ 140

O Nitro Pro é o segundo maior nome, atrás da Adobe, no mercado de ferramentas para edição de PDFs, e é um editor maduro com muito a recomendar. Mas por US$ 140, é um tanto caro considerando que há produtos por menos de US$ 100 no segmento.

Todos os principais recursos para lidar com PDFs estão presentes aqui, mesmo os menos comuns como ferramentas para dividir documentos grandes em pedaços menores, adicionar marcas d’água, modificar metadados e numerar páginas. E o mais importante: eles são fáceis de encontrar. Com um design fortemente inspirado na “ribbon” do Office, todas as ferramentas estão ao alcance dos olhos, e se você não conseguir encontrá-las há ajuda online. Fazer o trabalho básico de design com o Nitro é moleza, e as opções são quase infinitas.

EditarPDF_NitroPro-580px
Nitro Pro 9

Entre os recursos mais avançados há um sistema de OCR (reconhecimento óptico de caracteres) que é impressionantemente rápido e preciso, transformando um punhado de documentos escaneados em texto que pode ser editado e pesquisado. Outro recurso importante (e raro) é a capacidade de exportar PDFs em vários formatos do Microsoft Office, incluindo o do PowerPoint, algo que a Adobe só torna disponível no Acrobat Pro.

Após a instalação, menus do Nitro também aparecem nos aplicativos do Office, integrando os dois de forma transparente. Um serviço na nuvem, opcional, adiciona ao pacote recursos básicos para compartilhamento, acompanhamento do fluxo de trabalho e edição em grupo (incluindo assinaturas eletrônicas). Os preços deste serviço variam de grátis (porém muito restrito) a US$ 20 mensais.

Fora alguns soluços na instalação, o Nitro Pro 9 é um excelente e completo editor de PDFs para quem precisa de opções avançadas e não se importa em pagar um pouco mais (em relação a concorrentes) por isso.

Qoppa PDF Studio 8 Pro, US$ 129

Assim como o Acrobat, o Qoppa PDF Studio vem em duas versões. A Standard, que é a mais barata (US$ 89) tem os recursos básicos, incluindo anotações, importação de documentos do Word, marcas d’água e a capacidade de combinar ou dividir arquivos. A versão Pro (que analisamos) custa US$ 129 e adiciona OCR e ferramentas mais avançadas para edição de conteúdo e montagem de páginas.

O Qoppa PDF Studio Pro é praticamente equivalente ao NitroPDF, com controle detalhado sobre a apresentação e edição de documentos. Seu sistema de OCR, embora um pouco lento, foi de longe o melhor em preservar os documentos em sua formatação original ao mesmo tempo em que converte os caracteres em texto que pode ser pesquisado, mas não editado. Os ícones da barra de ferramentas não são muito intuitivos, e achei o software mais fácil de usar com os menus. Ele também tem integração com vários sistemas de armazenamento na nuvem.

EditarPDF_Quoppa-580px
Qoppa PDF Studio 8 Pro

No final das contas o Qoppa PDF Studio é uma excelente ferramenta para conversões via OCR, manipulação de páginas e anotações, mas não é tão útil para edição mais complexa ou para trabalhar com outros tipos de arquivos. O fato de que tem versões para Linux e Mac OS X é um bônus. Uma nova versão (com upgrade gratuito para quem já adquiriu a atual) com recursos mais avançados e capacidade de edição e criação de formulários está em fase de testes.

PDF-Xchange Editor 3.0, US$44

O PDF-Xchange Editor lida com básico sem problemas, mas seus recursos param por aí. É um aplicativo bonito com uma interface com uma “ribbon” como o NitroPDF, mas não é tão intuitivo nem tem tantos recursos quanto ele.

EditarPDF_Xchange-580px
PDF-Xchange Editor 3.0

O foco aqui é um robusto sistema de anotações, com várias opções para adicionar comentários a documentos já existentes. As opções são mais limitadas quando o assunto é criar um PDF do zero. O PDF-Xchange Editor só pode importar imagens (e não pode exportar para nenhum outro formato), embora tenha uma ferramenta de OCR que foi tão eficaz quanto a do Nitro, porém mais lenta.

O PDF-Xchange Editor não é uma ferramenta tão intuitiva ou completa quanto as outras, mas o OCR bastante capaz e boas opções para anotações compensam seu preço.

CutePDF Professional 3.7, U$50

Um editor alternativo de longa data, o CutePDF é outra opção bastante básica, mais adequada para usuários que não precisam de mais que ferramentas para anotações. É fácil de usar, com uma barra de ferramentas combinando ícones e texto que é mais usável que a maioria, mas em parte isso é porque não há muito o que fazer.

EditarPDF_CutePDF-580px
CutePDF Professional 3.7

Não há um OCR para converter documentos escaneados em texto, e suas ferramentas de anotação nem sempre são intuitivas. E não há como importar ou exportar outros tipos de arquivos. Por outro lado o CutePDF cobre a maioria dos recursos básicos nesta categoria, incluindo funções para combinar e dividir documentos, mas há algumas opções mais baratas que são tão capazes quanto ele.

PDFescape, Grátis

Não quer pagar nem instalar nada em seu PC? Então você está com sorte: existe uma boa alternativa baseada na nuvem que você pode usar, o PDFescape. A versão gratuita permite que você faça o upload de até 10 arquivos, desde que cada um tenho menos de 10 MB e 100 páginas. Mas seja rápido, já que os arquivos são apagados depois de 7 dias sem uso.

EditarPDF_PDFEscape-580px
PDFescape

As opções de edição são limitadas: há suporte básico a anotações, e você pode criar do zero páginas e formulários muito simples, adicionando texto, arte e campos para entrada de dados conforme necessário. Os arquivos podem ser compartilhados diretamente através do serviço, mas apenas para visualização, não para colaboração.

O upgrade para a versão Premium remove os anúncios, aumenta o limite para 100 arquivos (de até 20 MB e 200 páginas cada) e altera o limite de inatividade para 30 dias. Por US$ 20 mensais não me parece um bom investimento, mas as opção gratuita pode ser o bastante para quem ocasionalmente precisa anotar um documento.

Fonte: http://pcworld.com.br/dicas/2014/03/31/5-alternativas-mais-baratas-que-o-acrobat-para-edicao-de-pdfs/pagina-impressao

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s