Tire suas dúvidas sobre o Windows 8.1

Respondemos às 10 principais perguntas sobre a nova versão do Windows, que começa a ser distribuída nesta quinta-feira.

Por Rafael Rigues

O Windows 8.1 está chegando, pouco menos de um ano após o lançamento de seu controverso antecessor. E além de correções de bugs, melhorias de usabilidade e novos apps e recursos, o sistema traz também uma mudança de paradigma: a Microsoft está abandonando o tradicional ciclo de desenvolvimento de uma nova versão do Windows a cada três anos, e adotando um modelo de “desenvolvimento rápido” com lançamentos mais frequentes.

Mudam também a forma de distribuição do sistema, primariamente através da loja de aplicativos Windows Store, e até o preço: se você achou que o upgrade do Windows 7 para o Windows 8 por R$ 69 era barato, vai se impressionar com o preço do Windows 8.1.

Para ajudá-lo a entender todas estas mudanças, e conhecer melhor as novidades, elaboramos este guia respondendo às 10 principais perguntas sobre o Windows 8.1. Tem alguma dúvida que não foi esclarecida? Deixe-a nos comentários e faremos o melhor possível para responder.

win81faq_iniciar-580px.jpg
A Tela Iniciar no Windows 8.1. Note que agora há quatro tamanhos possíveis para os blocos, facilitando a organização

O que é o Windows 8.1?

O Windows 8.1 é uma atualização para o Windows 8. Pense nele como os “Service Pack” para as versões anteriores do sistema, mas com uma diferença: em vez de apenas agrupar correções de erros, ele traz melhorias na interface, novos programas, novos recursos e muito mais.

Quanto ele vai custar?

Se você já usa o Windows 8, a atualização para o 8.1 é gratuita. Se você está montando um PC e precisa de uma nova cópia do Windows, ou está atualizando do Windows 7 ou uma versão anterior do sistema, precisará comprar uma “caixinha” com o Windows 8.1.

Duas versões estão disponíveis: a maioria dos usuários irá optar pelo “Windows 8.1”, que custará R$ 410. Já usuários mais avançados ou corporativos, que precisam de recursos como suporte a mais de 128 GB de RAM, criptografia com Bitlocker, virtualização ou integração a domínios precisarão do Windows 8.1 Pro, que custa R$ 699.

win81faq_caixa-400px.jpg
Caixa do Windows 8.1

Ambas as versões são “completas”, ou seja, podem ser instaladas sem que seja necessária a presença de uma versão anterior do Windows na máquina. Isso é uma mudança em relação ao Windows 8, que era vendido apenas como upgrade.

Esta página no site da Microsoft explica as diferenças entre as quatro versões do novo Windows: 8.1 RT, 8.1, 8.1 Pro e 8.1 Enterprise.

O que meu PC precisa ter para rodar o Windows 8.1?

Os requisitos de sistema são os mesmos do Windows 8. Ou seja, se seu PC já roda o Windows 8, não terá problema nenhum rodar o 8.1. Segundo a Microsoft o novo sistema pede um PC com processador de 1 GHz ou mais rápido, 1 GB de RAM na versão de 32 Bits ou 2 GB de RAM na versão de 64 Bits (quanto mais, melhor) e 16 GB de espaço em disco na versão de 16 Bits, ou 20 GB na versão de 64 Bits. Novamente, quanto mais espaço melhor.

Há alguns outros requisitos: para rodar a nova “Interface Moderna” e seus aplicativos o monitor precisa ter uma resolução mínima de 1024 x 768 pixels, e uma conexão à internet (de preferência de banda larga e constante) é essencial para usar a loja de aplicativos e a integração com serviços online, como o SkyDrive ou Xbox Music.

Onde consigo o Windows 8.1?

O Windows 8.1 estará disponível na loja de aplicativos do Windows 8, a Windows Store (clique no bloco Loja na Tela Iniciar), a partir das 08:00 da manhã desta quinta-feira, 17 de Outubro de 2013 (horário de Brasília). As caixinhas também estarão disponíveis em algumas lojas a partir desta data.

Vou poder comprar um PC com o Windows 8.1 já instalado?

Sim, mas os primeiros modelos podem demorar mais um pouco para chegar às lojas, já que até o momento nenhum fabricante anunciou máquinas para o mercado nacional. Ainda assim, nada te impede de comprar hoje um PC com Windows 8 e fazer a atualização gratuita online. O resultado final será o mesmo.

Como ficam meus arquivos e programas já instalados no Windows 8?

Segundo a Microsoft todos os arquivos, apps e configurações do Windows 8 serão mantidos na atualização, e o usuário não precisará reinstalar nada. Mas como em toda atualização de sistema, não custa fazer um backup de seus arquivos mais importantes antes. Como dizia a vovó, “cautela e canja de galinha não fazem mal a ninguém”.

O que o Windows 8.1 traz de novo?

O Windows 8.1 traz inúmeras novidades, e sob vários aspectos apara várias das arestas que incomodavam os usuários do Windows 8. A integração entre o desktop e a interface moderna melhorou, há mais opções de personalização, novos apps como o Bing Health e o editor de vídeo Movie Moments, novos recursos em apps já existentes como o Internet Explorer, Email e Fotos, um sistema de multitarefa reformulado que permite rodar até 8 apps “lado a lado” na tela (desde que você tenha um monitor, ou monitores, com resolução suficiente para isso) e um impressionante mecanismo de busca chamado Smart Search, que indexa não só as informações que estão em seu PC, mas também as que estão no SkyDrive, na web e em apps instalados.

win81_bingsearch-580px.jpg
O sistema de buscas do Windows 8.1 agrega informações locais, de apps e da web

Leia este nosso artigo para conhecer em mais detalhes as principais novidades do Windows 8.1.

Prefiro o Desktop, alguma coisa muda pra mim?

Sim! Finalmente é possível configurar o sistema para ir direto ao desktop na inicialização, ignorando a Tela Iniciar. E o Botão Iniciar voltou, embora seja apenas um atalho para a Tela Iniciar e o Menu Iniciar continue ausente. Mas para compensar há um “Menu Avançado”, acessível com a combinação Windows + X no teclado, que traz atalhos para o Painel de Controle, Gerenciador de Dispostivos, a janela Executar e mais.

win81_menuavancado-300px.jpg
O "Menu Avançado" traz atalhos para o Painel de Controle e Gerenciador de Dispositivos

Posso voltar ao Windows 8 se não gostar?

Não é possível desinstalar o Windows 8.1 e retornar ao Windows 8. Se você está incerto quanto à nova versão, recomendamos fazer um backup completo do sistema antes da atualização usando sua ferramenta de backup preferida, para que você possa “zerar” o PC e restaurar a versão anterior e seus dados caso se arrependa.

E se eu não quiser atualizar?

Sem problemas, você pode continuar usando o Windows 8 como se nada tivesse acontecido. Mas tenha em mente que novos apps podem exigir o Windows 8.1, e você ficará de fora. E a Microsoft adverte para o suporte: o Windows 8 será suportado com atualizações de segurança e correções de erros por dois anos após o lançamento do Windows 8.1. Depois desse período, quem insistir no sistema estará “por conta própria”, ou seja, não terá mais suporte da Microsoft.

Mas convenhamos, com tantas novidades e um preço tão atraente, não faltam bons motivos para migrar para o Windows 8.1.

Fonte: http://pcworld.uol.com.br/dicas/2013/10/17/tire-suas-duvidas-sobre-o-windows-8.1/pagina-impressao

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s