Monte o pacote de segurança definitivo para seu PC, sem gastar nada!

Veja quais programas instalar para manter seu PC são e salvo em meio ao mundo selvagem da web.

Por Brad Chacos, PCWorld EUA

“Se você tem um PC, você é um alvo!”. Esse tipo de declaração dramática me faz torcer o nariz, já que geralmente leva a um discurso para convencê-lo a gastar seu rico dinheirinho em um caro pacote de aplicativos de segurança.

Mas a verdade é que apesar de parecer um clichê, a afirmação é verdadeira. Se os malfeitores não estão tentando “pescar” seus dados pessoais, estão tentando obter os dados de seu cartão de crédito, ou pensando em como transformar sua máquina em um zumbi de uma botnet. Se seu computador está conectado à internet, ele realmente é um alvo em potencial.

Mas isso não significa que você precisa gastar dinheiro em um pacote de segurança premium. Embora empresas como a McAfee e a Symantec ofereçam soluções simples e eficazes você pode montar seu próprio conjunto de aplicativos de segurança, que irá lhe dar a maior parte da proteção das soluções comerciais mas a custo zero. Depois que você instalar estes programas em seu PC, e aprender como evitar as armadilhas dos malfeitores, terá uma bom nível de proteção contra a maioria dos “bichos papões” à solta na rede.

Consiga um bom antivírus gratuito

O AVG Free liderou o ranking no mais recente teste de antivírus gratuitos publicado pela PCWorld nos EUA, e desde então ele ficou ainda melhor. Rápido e eficiente, o AVG faz um ótimo trabalho bloqueando downloads maliciosos antes que aconteçam, e é ainda melhor ao erradicar malware que já tenha se instalado em sua máquina.

secsuite_avg-580px.jpg

Note que eu disse “malware”, e não “vírus”. É que o AVG protege contra uma ampla gama de ameaças, e vem com alguns extras úteis como uma ferramenta para exclusão segura de arquivos e um sistema “Do Not Track” (não rastrear) para evitar que seus hábitos na web sejam analisados por redes de propaganda. Experimente, mas fique atento: ele vai tentar com afinco convencê-lo a assinar algum de seus serviços premium.

Tenha um segundo antimalware a postos

Nenhum produto antivírus é perfeito. Se uma ameaça especialmente tenaz passar batida pelo AVG, chame a cavalaria, ou mais especificamente o Malwarebytes Anti-Malware. Este programa de varredura sob demanda (ou seja, ele só analisa o seu PC quando você pede isso) foca em ameaças ainda desconhecidas por outros produtos de segurança, então você não deve usá-lo como única forma de proteção. Mas ainda assim é uma poderosa “segunda opinião” quando seu PC começa a se comportar de forma suspeita.

secsuite_malwarebytes-580px.jpg

Proteja-se com um Firewall

Firewalls são o outro membro crucial da “dupla dinâmica” da segurança, e bloqueiam tentativas de invasão direta de seu sistema. Aqui você tem duas opções: a proteção silenciosa do Windows Firewall, ou o mais exigente (porém mais robusto e dinâmico) ZoneAlarm Free Firewall.

O Windows Firewall, que é parte do Windows desde o XP SP2, deve ser o suficiente para a maioria das pessoas. Ele fica quietinho por debaixo dos panos até detectar uma tentativa de conexão suspeita, e tem manutenção tão baixa quanto possível. Mas ele só pode detectar tentativas de conexão ao seu PC, ou seja, uma tentativa de invasão.

secsuite_firewall-566px.jpg

O ZoneAlarm Free Firewall monitora tanto o tráfego de entrada quanto o de saída em busca de comportamento suspeito. Conexões de saída estranhas podem ser sinal de uma infecção, então o monitoramento nesta direção pode ser valioso. Mas treinar o ZoneAlarm exige um pouco de trabalho manual, e o programa tem o péssimo hábito de instalar uma barra de ferramentas e mudar a página inicial e o mecanismo de busca de seu navegador se você não prestar atenção durante a instalação. Mas fora isso, funciona como anunciado e é fácil de usar.

Reforce seu navegador

Com os dois principais pilares da segurança no PC a postos, é hora de prestar atenção às coisas menores.

A internet está cheia de sites infectados ou simplesmente maliciosos. Os três principais navegadores são capazes de avisá-lo quando um site reconhecidamente é uma fonte de malware, mas não são tão bons em identificar tentativas de phishing, por exemplo. Plugins gratuitos para seu navegador como o Web of Trust e McAfee SiteAdvisor usam “crowdsourcing”, ou seja, informações obtidas entre os outros usuários, para avisá-lo quando um site pode ser perigoso usando um sistema fácil de interpretar, com ícones verdes, amarelos ou vermelhos para indicar a periculosidade de um site.

secsuite_mcafee-400px.jpg

Se você está muito preocupado quanto a ameaças na web, considere instalar o Google Chrome, que venceu todos os concorrentes no quesito segurança em nossa bateria de testes de navegador, graças a um recurso chamado “sandboxing” que isola cada aba ou site visitado e evita que malware em potencial se espalhe. E não importa qual navegador você use, sempre há ajustes que você pode fazer para aumentar a segurança. Veja nossas dicas para o Chrome, o Firefox e o Internet Explorer.

Mantenha seus programas atualizados

O Secunia Personal Software Inspector (PSI), um utilitário que analisa todos os programas instalados em seu PC e os mantém atualizados, não é um software de segurança propriamente dito, mas é uma das peças mais importantes do quebra-cabeças em um sistema de segurança feito em casa. Software antigo e desatualizado geralmente tem vulnerabilidades que podem ser exploradas pelos malfeitores como uma porta de entrada para seu PC. O Secunia PSI se certifica de que todos os pontos fracos já conhecidos em seu sistema tenham sido reforçados com as atualizações mais recentes dos desenvolvedores de cada programa. Falo sério, baixe e instale esse programaagora.

secsuite_secunia-580px.jpg

Use um gerenciador de senhas

Considerando a frequência com que grandes sites sucumbem a invasões, um bom gerenciamento de senhas é essencial. Reutilizar a mesma senha em vários sites é implorar por um desastre! E embora seja possível criar senhas fortes e memoráveis usando truques mnemônicos, no dia-a-dia é mais fácil confiar em um gerenciador de senhas para eliminar uma das principais dores de cabeça na segurança online.

secsuite_keepass-580px.jpg

Eu gosto do KeePass, um gereniador de senhas Open Source que funciona em vários plataformas e traz um gerador de senhas embutido. Alguns de meus colegas amam o LastPass ou Dashlane. Todos são ótimos, escolha o que mais lhe agradar e use-o!

Redes sociais? Só com proteção

Algumas das mais diabólicas tentativas de intrusão ocorrem através de mídias sociais, e a maioria dos pacotes de segurança agora inclui algum tipo de proteção nessa área. O Safego, da Bitdefender, é um app gratuito para o Facebook que analisa o seu feed de notícias em busca de links maliciosos e tentativas de phishing. E se encontra algo perigoso, ele até mesmo o ajuda a avisar seus amigos.

secsuite_safego-580px.jpg

Controles para os pais

A maioria dos pacotes de segurança inclui alguma forma de software para proteção das crianças, mas a Microsoft vem oferecendo controles de primeira para os pais desde a época do Windows Vista. No Windows 8 eles são parte do sistema (em Painel de Controle / Contas de Usuário e Proteção p/ Família / Proteção para a Família), mas se você usa o Windows 7 ou Vista terá de baixar o pacote Windows Essentials. A Microsoft tem um site que explica como configurar a Proteção para a Família.

secsuite_parental-580px.jpg

Rastreando um notebook roubado

E se o pior acontecer e seu notebook for roubado? O Prey é um software Open Source e (na maior parte) gratuito que aumenta suas chances de recuperá-lo e frustrar o ladrão.

Depois de instalado o Prey fica quietinho, completamente escondido e quase sem consumir recursos do sistema. Mas quando você ativa o programa à distância, usando um site, ele começa a enviar relatórios frequentes detalhando onde sua máquina está, incluindo screenshots do que o ladrão está fazendo e fotos feitas com a webcam para ajudar a identificá-lo. Se você quiser intervir mais diretamente, pode até bloquear remotamente a máquina.

secsuite_prey-580px.jpg

O Prey está disponível em versões para Windows, OS X, Ubuntu (e outras distribuições Linux), iOS e Android. E se você está preocupado com olhos curiosos vasculhando seus arquivos importantes, pode criptografar eles ou mesmo o HD inteiro com o TrueCrypt.

Arrematando os pontos

Há mais algumas outras ferramentas para manter seu PC bem seguro. O Sandboxie roda programas dentro de uma "caixa de areia", isolando-os do resto do sistema. É uma boa idéia com programas nos quais você não confia totalmente. O Qualys BrowserCheck se certifica de que todos os plugins de seu navegador estão atualizados, e o CCleaner funciona como as ferramentas de “ajuste automático” nos pacotes de segurança Premium e se livra do “lixo” acumulado no sistema, ajudando seu PC a ficar “magrinho”. E o Belarc Advisor é capaz de analisar seu sistema e fornecer uma visão de alto nível (embora bastante técnica) das falhas de segurança em potencial.

secsuite_qualys-580px.jpg

Como você pode ver, proteger seu PC usando apenas ferramentas gratuitas certamente é possível. Mas isso não significa que os pacotes de segurança pagos sejam inúteis: os programas gratuitos não oferecem o mesmo nível de cobertura e integração, e geralmente não há suporte técnico além de fóruns de usuários. Além disso, os programas pagos costumam ter uma taxa de detecção de ameaças ligeiramente maior do que as dos programas gratuitos.

Fonte: http://pcworld.uol.com.br/dicas/2013/10/11/monte-o-pacote-de-seguranca-definitivo-sem-gastar-nada/pagina-impressao

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s