Aprenda a criar senhas fortes e proteja suas contas dos cibercriminosos

(http://idgnow.uol.com.br/seguranca/2011/05/04/aprenda-a-criar-senhas-fortes-e-proteja-suas-contas-dos-cibercriminosos)
Por PC World/US

Maioria dos usuários usa o mesmo código para diversos serviços e não é criativa na hora de criá-lo. Aprenda truques para não cair nesse erro.

A senha de sua conta de e-mail é a última linha de defesa que você tem em se tratando de privacidade; se um usuário inescrupuloso desvendá-la, ele poderá alterar seus códigos para redes sociais, portais de comércio eletrônico ou até do internet banking, a partir da opção “esqueci minha senha”.

É tentador utilizar o mesmo segredo para todas suas contas, mas, dessa forma, a vulnerabilidade online aumenta consideravelmente. Quando ela é descoberta, tudo o que você tem na Web fica aberto ao invasor. Dado os recentes acontecimentos, como a invasão da rede PSN, esta talvez seja a hora de aprimorar sua segurança, garantindo que cada uma de suas senhas sejam únicas e eficazes.

Existem alguns bons programas para organizar o possível caos, como o KeePass, que criptografa todos os seus códigos e os armazena em uma base de dados a qual só você tem acesso – a partir de uma chave-mestra. Outra opção é o LastPass, que funciona como uma extensão para o browser – roda nos mais populares – e ainda sincroniza seus códigos entre os vários computadores em que estiver instalado. O problema, lógico, é que a nuvem pode não ser tão confiável quanto um pen drive – devidamente protegido – que sempre está contigo.

Usar um gerenciador de senhas é uma ótima forma de melhorar sua segurança online, mas não é um modelo perfeito. A muralha praticamente intransponível é um código que você nunca guarda em um papel, em um HD ou na nuvem, uma sequência de letras, números e símbolos que mesmo você não sabe ao certo até ter de escrevê-la. Isso, a princípio, pode parecer confuso, fora de alcance, mas, com alguns truques mnemônicos, tudo fica mais fácil.

Uma senha acima de todas
Na verdade, é muito fácil criar uma senha forte; basta seguir certas regras. Antes de mais nada, precisamos de uma base: uma mistura de letras maiúsculas e minúsculas, números e até sinais gráficos para complicar um poucos as coisas. Escolha uma frase fácil de lembrar e sinta-se livre para ser tão criativo quanto consiga. Pelo bem da simplicidade – e da didática – irei com um dos meus pratos favoritos: chicken adobo (frango adobo).

Certifique-se de que sua “palavra código” (passphrase) tenha ao menos oito caracteres e evite tópicos obviamente memoráveis como nomes próprios, datas de aniversários e cidades natal. Também é interessante evitar o uso de uma única palavra e a troca de alguns dos caracteres por símbolos – as ferramentas dos hackers são sofisticadas o suficiente para superar esse truque. Prefira uma frase secreta – várias palavras colocadas juntas – em vez de uma senha; isso torna mais difícil o trabalho dos hackers para descobrir seu código ao tentar todas as palavras do dicionário.

Agora que escolheu uma palavra código, você precisa colocar essa frase em uma única corrente (como chickenadobo), e então coloque algumas letras maiúsculas fáceis de lembrar (ChickenAdobo). Depois, apimente mais a base do seu código com alguns caracteres aleatórios para manter as coisas interessantes (Ch!cken@dob0).

Depois de definir seu código base, é preciso memorizá-lo e usá-lo como uma chave mestra que vai destravar sua conta em qualquer site desde que você se mantenha firme a algumas regras simples. Para criar a senha mais forte possível, vamos inventar um padrão de nomeação fácil de guardar para gerar uma senha única para todos os seus cadastros.

Por exemplo, vamos dizer que decidi usar sempre a primeira e quarta letra do nome de domínio no meio da minha passphrase, deixando a primeira maiúscula e a última minúscula. Isso significa que minha senha única no Facebbok seria “Ch!ckenFe@dob0”, enquanto minha conta no Hotmail exigiria a senha “Ch!ckenHo@dob0”.

Vê o padrão? Invente algo parecido e terá uma senha única alfanumérica para todo site. Uma que é fácil de lembrar, mas quase impossível para os hackers descobrirem. Nenhuma senha é perfeita, mas ter sua própria frase única e alguns truques mnemônicos já é um grande passo para manter sua privacidade online intacta.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s