15 coisas que todo usuário de PC deve saber

Patrick Miller, da PCWorld EUA

Seja você um veterano da tecnologia ou
um completo novato, aqui estão 15 fatos e truques essenciais que você
tem que conhecer

Você acha que entende de tecnologia? Pois saiba que se você não
estará aproveitando seu potencial a não ser que conheça e aplique cada
um destes 15 fatos, hábitos e truques para ser mais eficiente no
dia-a-dia.

1. Não dê duplo-clique em tudo. O
duplo-clique é como você abre itens (como arquivos e programas) no
Windows. Não é assim que você abre links no navegador, clica em botões
numa janela ou faz todo o resto. E se você duplo-clica automaticamente
em tudo que vê, pode acabar passando direto por uma tela com uma
informação importante ou enviar um formulário duas vezes. E mesmo que
você não precise desta dica, com certeza conhece alguém que precisa.

2. Use a barra e barra invertida nos lugares certos.
Vamos direto ao ponto: / é a barra, e \ é a barra invertida (ou
contrabarra). Barras invertidas são geralmente usadas para indicar o
caminho para arquivos no Windows (como C:\Arquivos de
Programas\Blablabla), enquanto as barras são usadas para endereços web,
como em http://www.pcworld.com.br/dicas.

3. Anote a mensagem de erro exata. Quando
seu PC “dá pau”, ele geralmente tenta lhe dizer qual foi o motivo,
embora provavelmente com um emaranhado de letras e números que você não
vai entender. Anote a mensagem completa (ou tire um screenshot ou foto
da tela, se possível) para que você possa mais tarde fazer uma pesquisa
no Google ou repassá-la ao suporte técnico. Se seu PC não mostrou uma
mensagem de erro abra a Central de Ações (no Painel de Controle) e veja
se há algo no link “Exibir mensagens arquivadas”.

4. Traga seus arquivos apagados de volta.
Quando você apaga um arquivo do PC ou cartão de memória, você não está
realmente apagando-o. Em vez disso, você está apenas removendo a entrada
referente a ele no índice que diz ao seu PC onde cada arquivo está no
disco. Assim, o sistema passa a considerar a área para onde o índice
apontava como “livre” para ser reutilizada. Se você apagou
acidentalmente alguma coisa, utilitários de recuperação como o Recuva
podem ajudá-lo a trazer o arquivo de volta, desde que o espaço que ele
ocupava no disco não tenha sido sobrescrito com algo novo. Quanto mais
rápido você agir, mais chances de sucesso.

5. Zere seu HD antes de se livrar dele.
Como seu PC não apaga imediatamente os arquivos excluídos, não dá pra
simplesmente reformatar o HD antes de enviá-lo para a reciclagem ou
revendê-lo na internet, já que alguém com um programa de recuperação
pode usá-lo para recuperar os arquivos e obter informações sobre você.
Há várias formas de apagar completamente um HD antigo, mas a melhor
opção é usar o Darik’s Boot and Nuke.

6. Desmarque opções antes de instalar.
Vários aplicativos lhe dão a opção de instalar barras de busca e outros
complementos para seu navegador, e outros são tão insistentes que estão
configurados para instalar automaticamente estes extras a não ser que
você marque uma opção no instalador dizendo que não os quer. Além do
fato de que cada complemento é uma coisa a mais para o PC carregar, não
dá para ter idéia de quais informações eles estão capturando e com quem
as estão compartilhando. Eles vem junto com os aplicativos porque os
desenvolvedores ganham dinheiro por cada cópia instalada, e não porque
são realmente úteis. Portanto, preste muita atenção no que você vai
instalar para não ser pego de surpresa com um novo mecanismo de busca
padrão ou aplicativos dos quais não precisa.

7. Cuidado com vírus dentro de documentos do Office.
Usuários avançados do Microsoft Office podem tirar proveito do Visual
Basic for Applications (VBA) para criar macros que automatizam tarefas
complexas. Entretanto, programadores maliciosos podem usar estas mesmas
ferramentas para criar vírus que interferem com o seu trabalho e o de
seus colegas. Por padrão, o Office vem configurado para desativar todas
as macros e notificá-lo quando um documento que você está lendo as
contém, então a princípio você está seguro. 

 

8. Desconfie de aplicativos de “limpeza”.
Aplicativos que fazem promessas vazias de aumento no desempenho do PC
limpando a “bagunça” que se acumula com o tempo de uso (especialmente os
chamados “Limpadores de Registro”) geralmente fazem mais mal do que
bem, isso quando fazem alguma coisa. Para realmente limpar seu HD rode o
Limpeza de Disco (Menu Iniciar, Todos os Programas, Acessórios,
Ferramentas de Sistema). Ele vem grátis com toda cópia do Windows e não
vai prejudicar seu PC.

9. Desinstale os programas antigos. Se você
tem o hábito de baixar da internet e instalar regularmente novos
programas, deve também se acostumar a “podar” sua coleção de software de
tempos em tempos. Para fazer isso abra o panel de controle Programas e
Recursos, dê uma olhada na lista de programas instalados e clique no
botão “Uninstall” para se livrar dos que não usa mais. Pode ser
necessário dar uma olhada na pasta C:\Arquivos de Programas para caçar
alguns aplicativos extras que não apareçam na lista. Quanto menos coisas
você tiver no seu PC, menos coisas vão dar errado.

10. Não chore sobre o leite (ou café) derramado.
Se você conseguir manter a calma quando derramar um líquido sobre seu
notebook, poderá ser capaz de impedir que seus dados desapareçam e que
sua placa-mãe frite. Em vez de entrar em pânico, tire o notebook da
tomada e remova a bateria o mais rápido possível, não espere o Windows
desligar. A seguir desconecte quaisquer periféricos plugados ao PC
(cabos de rede, pendrives) e outros itens removíveis como drives
ópticos. Incline seu notebook e tente fazer o líquido escorrer para fora
do computador. Cuidado para não fazê-lo escorrer mais para dentro!. Se
houver líquido na superfície, seque-o com uma toalha absorvente. A
partir deste momento o melhor a fazer é levar seu computador para a
assistência técnica, a não ser que você esteja confortável com a idéia
de abrir seu PC e limpar seus componentes sozinho. 

11. Desative o UAC. Tanto o Windows 7
quanto o Windows Vista incluem um recurso de segurança chamado User
Account Control, que escurece a tela e mostra uma caixa de diálogo
sempre que você instala um aplicativo ou muda configurações de
segurança. Embora este arranjo possa ser útil para pegar aplicativos
pilantras que tentam instalar ou modificar coisas sem seu consentimento,
ele também pode ser bastante irritante. Se você usa o Vista, instale o
TweakUAC para tornar os avisos menos incômodos sem desativá-los. Se você
usa o Windows 7 os ajustes padrão já não são tão ruins, mas recomendo
que você vá até o painel de controle Contas de Usuário, clique em
“Alterar Configurções de Controle de Conta de Usuário” e ajuste o
controle deslizante para a terceira posição (de cima para baixo). Assim,
o UAC irá avisá-lo sobre atividade suspeita, mas sem escurecer a tela
do PC.

12. Não use a conta de administrador no dia-a-dia.
Muitos usuários de PC estão acostumados a fazer seu trabalho no
dia-a-dia enquanto logados com uma conta de administrador –
especialmente no Windows XP. Isto pode lhe poupar do incômodo de ter de
encerrar e reiniciar uma sessão só para instalar aplicativos ou mudar
configurações, mas também lhe deixa muito mais vulnerável a vírus e
malware. Então não faça isso.

13. Mantenha seu Painel de Controle na visão por ícones.
A visão por Categorias no Painel de Controle pode ser útil se você se
sente intimidado com todas as opções disponíveis, mas também pode tornar
mais difícil encontrar um painel específico, especialmente se você
estiver seguindo instruções detalhadas que se referem aos painéis pelo
nome. Clique em “Visualização Clássica” na esquerda da janela (no Vista)
ou escolha “Ícones grandes” no menu “Exibir por:” no canto superior
direito (no Windows 7) e você terá acesso imediato a todos os paínéis de
controle.

14. Limpe a bandeja do sistema.
Frequentemente aplicativos instalam ícones na bandeja do sistema (System
Tray, ao lado do relógio no canto inferior direito da tela) e ficam
abertos sem que você perceba. Para limpar esta área abre o painel de
controle “Ícones da Área de Notificação” e marque a opção no rodapé da
janela que diz “Sempre mostrar todos os ícones e notificações na barra
de tarefas”. Agora clique com o botão direito do mouse sobre cada ícone
da bandeja de sistema de que não precisa mais e escolha a opção fechar.
Seu PC vai agradecer.

15. Controle o consumo de energia. Se você
está usando um laptop, provavelmente vai querer saber onde ficam os
controle de energia, para que seu PC não a desperdice quando você
precisa conservá-la, não fique lento quando você quer que ele seja
rápido e não durma em um momento inoportuno. Abra o painel de controle
Opções de Energia e escolha entre um dos vários planos de energia
pré-definidos, com configurações para quando a máquina está plugada na
tomada ou na estrada. Se preferir, sinta-se à vontade para criar seu
próprio plano. Para acessar opções avançadas, clique em “Alterar
configurações do plano” e depois em “Alterar configurações de energia
avançadas”. Lá você vai encontrar opções detalhadas relacionadas a
bateria, Wi-Fi, placa de vídeo e mais.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s