Guia de manutenção do computador para preguiçosos

PC World / EUA

Dicas simples para deixar em dia a
manutenção do seu PC com atualizações automáticas de aplicativos e
cópias de segurança dos arquivos.

Como você deve saber, a coisa certa a se fazer é sempre manter um
backup (cópia de segurança) dos seus arquivos, e os seus aplicativos e
antivírus sempre atualizados. Infelizmente, você é – falando francamente
– muito preguiçoso para realizar essas tarefas com a periodicidade
desejada ou para procurar por programas que fariam isso automaticamente.
Como eu sei disso? Porque… nós temos muito em comum.

Mas não é preciso se reinventar para ter controle sobre as coisas.
Aqui vão alguns truques que você pode usar para manter em dia a
manutenção do seu computador sem suar muito.

Destrinche o Windows XP

Se você ainda utiliza o Windows XP, seu sistema operacional espera
que você desempenhe algumas tarefas de manutenção a mais do que as
versões mais recentes do Windows.

Desfragmentar seu disco rígido, por exemplo, é algo que pode ser
agendado automaticamente no Windows 7 e no Vista, mas que precisa ser
feito manualmente no XP (clique com o botão direito do mouse sobre o
nome do drive em Meu Computador, selecione Propriedades, Ferramentas, e
escolha Desfragmentar agora).

196279-defragger606_300.jpg

No Windows XP, é preciso realizar manualmente a
desfragmentação de disco.

Infelizmente, o Windows 7 não é gratuito – a Home Edition custa
US$100 atualmente – e mesmo sendo o melhor sistema operacional da
Microsoft que já usei, pode estar fora do seu orçamento. Além disso, se
você está em um computador antigo, batalhar no processo de melhoria do
hardware e atualização do software pode não valer a pena.

Por outro lado, desfragmentar um HD (disco rígido) de 1TB não rende
os mesmos benefícios de performance que realizar a mesma operação em um
HD menor e mais lento. Então, assumindo que o seu computador é novo o
suficiente para ler este artigo, você provavelmente pode adiar a
desfragmentação.

Backups preguiçosos com Dropbox

Nós temos muitos artigos “como fazer” que explicam diferentes
estratégias e planos de backup; mas se drives externos e a idéia de
cópias exatas (as chamadas imagens) de drives fazem os seus olhos virar,
eles não vão te ajudar. Em vez disso, pense sobre o que há no seu PC
que você sentiria falta se perdesse.

Por exemplo, se você possui fotos insubstituíveis em seu computador
que precisam de backup, mas você não quer desperdiçar o tempo ou
dinheiro exigidos para salvá-las em um DVD ou drive externo, considere a
ideia de armazená-las em uma conta no Flickr, um álbum na Web do
Picasa, ou até um álbum do Facebook ou Orkut.

Todas essas opções são gratuitas (apesar de alguns serviços cobrarem
mensalmente por armazenamento ou upload além de um limite especificado),
e todas possuem funções de auto-upload para manter o backup de fotos em
curso. Os usuários do Picasa podem fazer isso automaticamente com os
Web Albums do programa, enquanto os usuários do Flickr e do Facebook
devem conferir, respectivamente o Foldr
Monitr for Flickr
e o LiveUpload to Facebook.

Quando o assunto são os documentos, os itens principais que eu quero
fazer backup são meus documentos relacionados a trabalho, por isso eu
não preciso comprar terabytes de armazenamento. Na verdade, eu nem
preciso comprar um pen drive USB. Eu simplesmente me cadastrei para uma
conta no Dropbox
Basic
– que dá aos usuários 2GB de armazenamento online grátis – e
copiei toda a minha pasta de trabalho para ele.

No entanto, isso nem sempre funciona, porque eu tenho um punhado de
imagens de alta-resolução espalhadas entre os documentos Word, e elas
consequentemente usariam todo meu espaço livre na conta Dropbox. Em vez
de gastar cerca de US$ 10 por mês para aumentar meu espaço, eu
periodicamente faço uma busca rápida por cada arquivo Word no meu HD (ao
buscar por *.doc) e arrasto os documentos maiores para uma segunda
pasta no Dropbox.
Se você possuir outras pastas em seu disco rígido que deseja sincronizar
com o Dropbox sem realocá-las, simplesmente pegue o Dropbox Folder
Sync.

Além disso, uma vez que o Windows trata o Dropbox como qualquer pasta
em seu sistema de arquivos, você poderia criar um arquivo batch com
alguns comandos básicos de DOS para automatizar esses processos de busca
e cópia.

Atualize tudo automaticamente

Você pode não se importar o suficiente sobre correções de bugs e
recursos menores para manter atualizados todos os aplicativos do seu
disco rígido, mas você vai precisar manter atualizados o Windows e mais
alguns aplicativos importantes (como seu browser, seu leitor de PDF, e
seu pacote office) afim de evitar problemas feios de segurança.
Felizmente, é possível fazer com que todos esses aplicativos sejam
atualizados automaticamente.

Comece abrindo o Windows Update no Painel de Controle (Control
Panel). Clique em Alterar configurações (Change settings), e selecione a
opção Instalar atualizações automaticamente (Install updates
automatically). Se você não possui o Microsoft Update instalado, apenas
as atualizações do Windows serão baixadas automaticamente; por isso se
você tem outros aplicativos da Microsoft instalados vai precisar do
Microsoft Update.

196279-win_update_screenshot606_300.jpg

A maioria dos grande navegadores possui a opção
de atualização automática, que facilita a proteção do seu computador.

Todo navegador que se preza possui algum tipo de função de
atualização automática, por isso o seu browser já deve estar coberto. A
Microsoft entrega as atualizações do Internet Explorer por meio do
Windows Update, enquanto o Chrome recebe as suas "por debaixo dos
panos"; para saber qual versão você possui do navegador do Google,
clique no ícone da chave de boca no canto superior direito da barra de
ferramentas e selecione Sobre Google Chrome (About Google Chrome); se a
sua versão for antiga, a caixa de diálogo deve te dar a opção para
atualizar.

A exemplo do Chrome, o Firefox lida internamente com suas
atualizações. É possível assegurar que você vai receber os lançamentos
mais recentes da Mozilla ao abrir Ferramentas, Opções, Avançado,
Atualizações (Tools, Options, Advanced, Updates) e marcar a opção
Receber e Instalar atualização automaticamente (Automatically download
and install). As atualizações do Safari são feitas por meio do Apple
Software Update, que normalmente é instalado junto com o navegador. Se
ele não rodar automaticamente, abra-o e vá em Editar, Preferências,
Agendamento (Edit, Preferences, Schedule), onde você pode selecionar a
frequência de atualização.

Depois, você vai querer manter o Adobe Acrobat em dia, porque ele é
um alvo popular para malware (pragas virtuais). É possível ajustar a
atualização automática ao selecionar Editar, Preferências, Atualizador.
Marque a opção Instalar e atualizar automaticamente (Edit, Preferences,
Updater e marque a opção Automatically update and install).

Além disso, vá em JavaScript (no canto esquerdo da janela de
Preferências) e desmarque a opção Habilitar JavaScript (Enable
JavaScript). Uma vez que o JavaScript é um vetor de ataques comuns de
malware (praga virtual), seu sistema estará mais seguro dessa maneira
(sempre é possível reabilitá-lo para arquivos PDF específicos que você
julgue seguros).

Neste ponto, todos os seus aplicativos essenciais estão ajustados
para serem atualizados automaticamente. Mas por que parar aqui? Pegue o
Update Checker do FileHippo.com, um
aplicativo gratuito que realiza uma varredura em todos os aplicativos do
seu computador, verifica suas versões em sua base de dados, e te aponta
links de download de novas versões de todos os que precisam de
atualização.

Antivírus sem complicação

Uma coisa que você
não pode ficar adiando é seu programa antivírus.
Os pacotes principais possuem suas próprias
funções de atualização automática; elas são essenciais para manter seu
sistema armado com as mais recentes defesas contra malware. 

Uma
vez que você tenha um pacote de antivírus decente, não será necessário
muito trabalho adicional para ficar seguro – apenas não clique em links
duvidosos ou abra arquivos anexos questionáveis. Além disso, tenha
certeza de que seu provedor de e-mail não exiba automaticamente imagens
externas, e cole links no Google antes de clicar neles, para confirmar
que são legítimos.

Para verificar URLs encurtadas (geradas por sites como o TinyURL),
pegue um script do Greasemonkey chamado Untiny para
checá-las antes de clicar nelas.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s