Instalação de configuração do RIS para gerenciamento de imagens Ghost no Windows

Autor: Daniel Menezes <danmem at gmail.com>

Introdução

Este tutorial será apresentado como um recurso a mais para melhoria no
atendimento a equipamentos de informática (micros, notebooks e
servidores) que necessitam de sistema operacional.

Este processo será otimizado de forma remota através de um
serviço de instalação remota, no qual será possível a instalação no
local de atendimento, diminuído a incidência no laboratório.

Preparando o ambiente

Nesta etapa será preparado o ambiente para instalação do RIS,
é recomendado o Microsoft Windows XP SP2, não é necessário a
implantação de um sistema operacional servidor para desenvolvimento
desta solução.

Pré-requisitos

Os pré-requisitos para a instalação do RIS são:

Requisitos mínimos de hardware:

  • Processador 1 GHz
  • Memória 512 MB
  • HD 40 GB

Requisitos mínimos de software:

Dependências

  • Crie uma pasta no disco de sua preferência com o nome \server_ris e salve todos os aplicativos necessários para implantação do serviço;
  • Compartilhe a pasta na rede com permissão de leitura para sua equipe;
  • Crie as imagens com o ghost no padrão de sua empresa;
  • Crie um disco de boot do ghost e copie para a pasta compartilhada;
  • Suas máquinas precisam do recurso de boot via placa de rede;
  • Crie uma pasta com o nome pxelinux.cfg;
  • Crie um arquivo com o nome "default" com os seguintes parâmetros:
    DEFAULT dos
    Timeout 0
    PROMPT 0
    LABEL dos
    KERNEL memdisk
    APPEND initrd=fdboot.img

Criação do boot pxe (Preboot Execution Environment)

Siga os passos abaixo:

1. Descompactar o arquivo syslinux-3.81.tar.gz;

2. Dentro da pasta syslinux-3.81\core\, copiar o arquivo pxelinux.0 para \server_ris;

3. Dentro da pasta syslinux-3.81\memdisk\, copiar todo conteúdo para \server_ris

Gerando o processo de boot TCP/IP

Siga os passos abaixo para criar o boot:

1. Formate um disquete com a opção de criar um disco de inicialização do MS-DOS;

2. Descompacte o arquivo netbootdisk.zip;

3. Na pasta Netboodisk, execute o arquivo MakeDisk.bat;

4. Com o disquete formatado no padrão acima, pressione enter;

5. Verifique se o disquete está no padrão e comece a criação do disco de boot TCP/IP;

6. Após a conclusão, pressione qualquer tecla para finalizar;

7. Acesse o disquete e abra a pasta netboot;

8. Edite o arquivo a:\menupref.bat:

@echo off
REM *** The Menu Program
reads/writes to this file. Please boot the disk and allow the Menu
Software to modify this file. The password field is Encypted! ***
REM *** Do not change the order of the commands in this batch file. (Or the Position of the equal signs!) ***
rem NETCARD=EL3c574
Set WORKGROUP=WORKGROUP
Set USERNAME=Administrator
::: PASSWORD=
Set DISABLEDHCP=0
Set IPADDRESS0=192 168 0 123
Set SUBNETMASK0=255 255 255 0
Set DEFAULTGATEWAY0=192 168 0 254
Set LOGONSCRIPT=
rem TIMEOUT=20
Set DNS=192 168 0 253
Set WKSTN=BD1766474
Set PACKET=1
Set DNSENABLE=1
Set MOUSE=1
Set REDIRECTOR=Basic
Set NTFS=0
Set CD=0
Set UDMA=0
Set WINS=192 168 0 252

Altere os seguintes parâmetros:

  • Set WORKGROUP= SEU DOMÍNIO
  • Set USERNAME= SEU USUÁRIO
  • PASSWORD= SUA SENHA
  • Set LOGONSCRIPT= ADICIONE O ARQUIVO LOGON.BAT

Não precisa alterar os parâmetros de rede, pois iremos utilizar o TFTPd32 para gerar o serviço de DHCP.

Obs.: Claro que se estiver numa rede com controlador de domínio que
exista política de segurança para alteração de senha por período, terá
que alterar sua senha.

Acesse a:\NetBoot\FileCopy.

Edite o arquivo logon.bat:

@echo off
echo SAMPLE LOGON SCRIPT
echo.
echo *** You’ll have to modify this script to suit your network. ***
if not %NTFS%==1 goto N
SHOWMENU Loading Read-Only NTFS Support…
REM *** NTFSDOS – EDIT BELOW TO SUIT YOUR LAN, ETC ***
net use x: \\server\share
x:\ntfsdos
REM *** NTFSDOS – EDIT END
:N
REM — EXAMPLE — Automatically run Ghost from a network share —
REM net use g: \\computer\share
REM g:
REM ghost.exe -rb
REM
REM Note: the -rb = reboot when done 🙂
Altere os seguintes parâmetros:
Apague o REM após o parâmetro abaixo:
"REM — EXAMPLE — Automatically run Ghost from a network share —"
Ficará da seguinte forma a partir do seu compartilhamento já criado
net use x: \\server_ris\imagensghost
x:
ghost.exe -rb "reinicia a máquina"

Este comando cria um mapeamento na rede para acessar as suas imagens e transferí-las para máquina receptora.

Criando o arquivo fdboot.img e configurando o servidor TFTPd32

Com o aplicativo WinImage 8.10, gere uma imagem do disquete, a renomeie para fdboot.img e salve na pasta \server_ris.

Configurando o servidor TFTPd32

Na pasta "\server_ris", no qual foram baixados todos os aplicativos necessários para implantação:

1. Abra a pasta \server_ris\tftpd32.334 e execute o arquivo tftpd32.exe;

2. Pressione Settings e acesse as configurações do Tftpd32;

3. Desmarque as opções TFTP Server e TFTP Client;

4. Caso a opção "Hide Windows at startup" não esteja marcada, marque-a;

5. Acesse a opção "Browse" e informe a pasta \server_ris\;

6. O serviço do TFTP irá reiniciar;

7. Abra novamente o aplicativo, configure DHCP Server e
especifique a faixa de IP de sua rede e o arquivo de boot pxelinux, que
está na pasta \server_ris\ e que será necessário para inicializar o
carregamento do serviço.

Conclusão

Pronto, se você concluiu todas as etapas com sucesso, não terá dificuldade em implantar este servidor de imagens do Norton Ghost utilizando aplicativos open source na plataforma Windows XP SP2.

Para testar, configure sua máquina para acessar o boot via
placa de rede que a partir daí o seu serviço se encarregará de executar
automaticamente até a tela do Ghost.

Referências

1. ANVIN, H. Peter. The Syslinux Project, 2009. Disponível em:
http://syslinux.zytor.com/wiki/index.php/The_Syslinux_Project
Acesso em: 10 ago. 2009.

2. EFFITEK. WINNER (Windows Is Not Necessary for Everyone’s RIS) – Set up a RIS with no Windows 2005. Disponível em:
http://ping.windowsdream.com/winner.html
Acesso em: 03 ago. 2009.

3. JOUNIN, Philippe. The open source TFTP server 1998. Disponível em:
http://tftpd32.jounin.net/
Acesso em: 10 ago. 2009.

4. NETBOOTDISK. Universal TCP/IP Network Bootdisk 2001-2009. Disponível em:
http://www.netbootdisk.com/building.htm
Acesso em: 10 ago. 2009.

5. VOLLANT, Gilles. Software Winimage 2007. Disponível em:
http://www.winimage.com/
Acesso em: 10 ago. 2009.


http://www.vivaolinux.com.br/artigo/Instalacao-de-configuracao-do-RIS-para-gerenciamento-de-imagens-Ghost-no-Windows

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s