Deu pau no HD. O que faço agora?

Nando Rodrigues, editor da PC World

Antes de entrar em desespero, pare o que estiver fazendo e avalie a situação.

hd_manut_150O
disco rígido é daqueles componentes do PC que o usuário só lembra que
existe em duas situações: quando está cheio ou quando ele dá algum
problema. No primeiro caso, você tenta salvar um arquivo e recebe uma
mensagem qualquer do sistema operacional dando conta de que não foi
possível salvar seus dados por falta de espaço.

A solução é simples. Faça backup das informações menos importantes
ou cujo acesso seja menos freqüente e apague-as do disco rígido.
Aproveite para desfragmentar o HD  – isso vai melhorar o desempenho geral do sistema, no que tange ao acesso aos dados que estão gravados nele.

Se eventualmente apagar algo que não devia, saiba que sempre é possível pedir o auxílio de ferramentas de recuperação de arquivos, capazes de realizar alguns pequenos milagres.

No caso de falhas, porém, a coisa complica um pouco, mas isso não
quer dizer que você deva entrar em pânico. Pelo menos não ainda. Caso o
problema seja de software (ou lógico), você ainda pode tentar ressuscitar o HD e as chances de trazer seu disco de volta à vida são grandes.

Problemas desse tipo podem ser evitados submetendo seu disco a inspeções periódicas de diagnóstico, como a que realiza o Hard Drive Inspector. Esses programas varrem o disco rígido, apontam falhas e sugerem correções.

Corrigidos os problemas, faça um backup dos seus dados. Lembre-se
que em Tecnologia, valo o contrário do dito popular: um raio sempre
pode cair duas vezes no mesmo lugar. Depois, aproveite para automatizar as verificações de disco. Além de minimizar a ocorrência de bugs desse tipo, você deixa o sistema operacional cuidar das tarefas burocráticas para você.

Ok. Chegou a conclusão que o problema é físico? Bem, caso tenha backup,
arranje outro disco rígido, recupere os dados e toque a vida pra
frente. Não fez o backup? Bem, a saída é encaminhar seu disco rígido
para os cuidados de uma boa empresa de recuperação de dados e torcer
para que ela consiga salvar as informações que estão lá.

E já que está com as mãos na massa, por que não montar um HD externo? É fácil, rápido e você ainda vai ganhar um bom espaço extra para seus backups.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s