Instalando e configurando SNMP e MRTG no Linux

Autor: Márcio Araújo Lopes

Introdução

Serão necessários os pacotes SNMP, MRTG e o Apache
rodando. Baixe os fontes de acordo com sua distribuição e instale.
Instale e configure o SNMP e o MRTG nesta ordem. Tem que ser feito
desta forma, pois é preciso que o SNMP esteja devidamente configurado
para que o MRTG possa atuar sem problemas.

Download do SNMP:

Download do MRTG:

Configurando SNMP

Depois de instalados, iremos configurar o SNMP. Edite o arquivo snmpd.conf:

# vi /etc/snmp/snmpd.conf

Existem diversos tipos de configuração para monitoramento via MRTG,
neste texto trataremos de uma configuração simples e funcional.

Ache o tópico "## sec.name source community" e descomente as linhas:

com2sec     local     localhost        private
com2sec mynet 192.168.0.0/24 public
com2sec public default public
Observe a segunda linha, onde está definido o nome e o endereço da rede.

Em seguida descomente e defina as seguinte linhas:

group mygroup   v1          mynet
group mygroup v2c mynet
group local v1 local
group local v2c local
group public v1 public
group public v2c public

view all included .1 80
access mygroup "" any noauth 0 all none none
access public "" any noauth 0 all none none
access local "" any noauth 0 all all all
Essas linhas vêm descomentadas por padrão. Deixe-as:

syslocation Unknown (edit /etc/snmp/snmpd.conf)
syscontact Root <root@localhost> (configure /etc/snmp/snmp.local.conf)
Pronto salve o arquivo e inicie o serviço:

# service snmpd start

Configurando MRTG

Instale o pacote MRTG. Depois de instalado, iremos criar o diretório onde serão gerados os documentos gráficos/HTML.

# mkdir -p /var/www/html/tuxmrtg/

Iremos criar agora o arquivo de configuração com o cfgmaker.

# cfgmaker –global ‘WorkDir: /var/www/html/tuxmrtg’ -output /etc/mrtg/mrtg.cfg public@localhost

Caso queira configurar mais algum device, use o mesmo comando
com outro nome. Lembrando que depois do "@" deve-se especificar o nome
na rede do device ou o IP. Exemplo:

# cfgmaker –global ‘WorkDir: /var/www/html/tuxmrtg’ –output /etc/mrtg/mrtgtdevice.cfg public@outrodevice

Em seguida, criaremos a sua página index:

# indexmaker –output=/var/www/html/tuxmrtg/index.html /etc/mrtg/mrtg.cfg

Para finalizar essa etapa, iremos copiar os arquivos que por
padrão são criados no *diretório padrão do MRTG para o diretório que
criamos:

# cp -av /var/www/html/mrtg/*.png /var/www/html/tuxmrtg/

NOTA: Esse diretório pode variar de acordo com a distribuição para srv/www/default/html/mrtg.

Por fim, mas não menos importante, vemos nosso herói em funcionamento:

# mrtg /etc/mrtg/mrtg.cfg

Otimizando e protegendo

Crontab

Para otimizar nosso amigo monitor, criaremos uma entrada no velho
cron para gerar atualização a cada 5 min. É sempre bom logar o
que fazemos, então…

# crontab -e

Inserimos a linha:

*/5 * * * * /usr/bin/mrtg /etc/mrtg/mrtg.cfg –logging /var/log/mrtg.log

Criando arquivo de autenticação

# vi /var/www/html/mymrtg/.htaccess

Dentro do arquivo ponha:

AuthName "MRTG Graphs/Html restricted access"
AuthType Basic
AuthUserFile /var/members/.htpasswd
require user mrtgadmin

Depois, crie uma senha para autenticar:

# htpasswd -c /var/members/.htpasswd mrtgadmin

É isso, uma boa configuração a todos e até a próxima.

[]´

Márcio Araújo Lopes
Administrador Linux
Linux User 381916
Slackware – Keep It Simple and Stupid


http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=2552

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s