Samba + Windows XP (perfil móvel)

Procedimentos para logar Windows XP no Samba (exceto Home Edition)

Adicione uma conta de usuário ao sistema e ao Samba:

# adduser hugoalvarez
# smbpasswd -a hugoalvarez

Adicione a conta de root ao Samba caso nunca tenha sido adicionada:

# smbpasswd -a root

Adicione a conta da máquina ao sistema e ao Samba:

# adduser computadordohugo$
# smbpasswd -a -m computadordohugo

Não coloque $ ao final do nome computadordohugo ao adicioná-lo ao Samba, o parâmetro -m já informa que é uma conta de máquina.

Logue-se na estação Windows XP, clique com o botão direito do mouse em:

Meu computador -> Propriedades -> Nome do computador -> Alterar -> selecione Domínio -> digite o nome do domínio -> quando pedir usuário coloque root e digite a senha para ingressar no domínio -> reinicie o sistema quando solicitado.

Após o reboot, logue-se com o usuário hugoalvarez. Em um Windows XP recém instalado e que não foi fuçado você vai receber a seguinte mensagem de erro:

Para corrigí-la, logue-se novamente no perfil local da estação e faça as seguintes modificações:

Clique em iniciar -> Configurações -> Painel de controle -> Ferramentas administrativas -> Diretiva de segurança local.

No painel de diretivas de segurança local, clique no sinal de + da opção diretivas locais e selecione opções de segurança, localize a opção:

Membro de domínio: criptografar ou assinar digitalmente os dados de canal seguro (sempre)

Clique duas vezes na opção e selecione desativar, você vai receber uma mensagem de alerta, clique em ok, veja a figura:

Após realizar o procedimento, feche a janela de Segurança de diretiva local, abra um prompt de comando e digite:

# gpupdate /force

Faça logoff ou reinicie se preferir e logue-se novamente no domínio, dessa vez provavelmente você vai receber esta mensagem, como mostra a figura:

Para corrigir o problema realize os seguintes procedimentos.

Edite seu arquivo smb.conf e adicione as seguintes linhas:

Na seção global defina o parâmetro logon path:

logon path = \\nomedoservidor\sysvol\%U

Onde:

  • nomedoservidor = Netbios ou FQDN, é indiferente desde que a estação enxergue o servidor através do nome.
  • sysvol = Share não obrigatório, porém é legal em qualquer domínio com máquinas Windows XP para enganá-las e elas pensarem que se trata de um servidor Windows.
  • %U = Variável do Samba que define nome de usuário, para as máquinas escreverem o perfil dentro da pasta de cada usuário, o Windows só procura policies dentro de sysvol, segundo a arquitetura do Active Directory, para as máquinas Windows XP o software Samba não existe e elas não vão obedecê-lo, por isso a necessidade de enganá-las.

Pode ser definido qualquer outro caminho em logon path, mas um dia você terá problemas caso queira implementar policies.

Crie um share com nome sysvol na seção de shares:

[sysvol]
comment = System Volume
path = /usr/local/samba/sysvol
guest ok = yes
writable = yes
share modes = no
browseable = no

A opção browseable = no é equivalente ao $ nos shares Windows, serve para não listar o diretório quando um usuário digitar \\nomedoservidor, o sysvol está lá, mas não é exibido

guest ok = yes, pode ser definida como no, caso as permissões e autenticação do seu samba já tenham sido testadas e estejam corretas, enquanto estiver implementando guest ok = yes facilita a sua vida.

Exemplo na figura:

Reinicie o Samba.

Crie uma pasta hugoalvarez dentro da pasta que foi definida para o share sysvol, esse é o diretório onde a máquina do usuário hugoalvarez vai escrever o perfil quando ele logar-se, e caso ele logue-se em outra máquina qualquer é esse diretório que vai fornecer o perfil, por exemplo com o documento1.doc salvo na meus documentos da outra máquina ou os favoritos salvos na estação que o usuário hugoalvarez logou anteriormente.

# mkdir /pathdosysvol/hugoalvarez

Deixe somente o usuário hugoalvarez escrever, ler e executar nessa pasta.

# chmod -R 700 hugoalvarez /pathdosysvol/hugoalvarez

Tente logar-se novamente e tudo deve correr bem, para testar as configurações do perfil faça logoff na estação e veja que os dados da pasta Documents And Settings do usuário hugoalvarez foram salvos no servidor dentro do share sysvol criado no Samba dentro da pasta com o mesmo nome do usuário.

Se você deixar permissões de execução e escrita no share sysvol, as máquinas Windows XP serão capazes de adicionarem seus perfis automaticamente sem a necessidade do passo anterior, mas cuidado para não dar permissões demais a quem não deve.

Vale lembrar que pastas particulares do Outlook ".pst" devem sofrer uma rotina de backup diferenciada porque ficam dentro de "configurações locais\dados de aplicativos" e esta pasta não é sincronizada com o servidor devido ao fato de o Outlook não trabalhar com pastas .pst através de rede, caso queira maiores informações consulte:

É possível sincronizar as pastas do Outlook também trocando o path de armazenamento do cliente, o que não acho aconselhável (experiência própria) e salvá-los diretamente na rede ou sincronizá-las no logoff, mas com o tempo a rede vai sofrer devido aos arquivos .pst normalmente serem enormes para transferência, já com uma pasta "Meus Documentos" enorme essa lentidão ocorrerá somente na primeira sincronia, nas próximas somente arquivos alterados serão sincronizados.

Pronto, a máquina Windows XP já está no domínio com todas as suas funcionalidades operando, exceto autenticação criptografada que não é suportada pelo Samba em algumas versões.

 

FONTE: http://www.vivaolinux.com.br/artigos/verArtigo.php?codigo=7252

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s