Programas para Linux

Por Toni Cavalheiro

Confira os melhores softwares para utilizar em computadores com Linux

Enquanto uma competente equipe de colaboradores trabalha para desenvolver o Linux e seu kernel, diversas outras comunidades investem seu tempo em projetos paralelos. Afinal, não basta ter um ótimo sistema operacional, se você não tiver bons programas que rodem nele. Foi assim que nasceram softwares como o Evolution e o Gaim, programas que não deixam a desejar se comparados com versões comerciais para outras plataformas.

Já softwares como o Firefox e o OpenOffice evoluíram de versão de código fechado e hoje chegaram a um nível excelente, tudo graças ao apoio da comunidade de código aberto. Há milhares de softwares para Linux, muitos deles gratuitos. Confira nossa lista de programas essenciais.

OpenOffice.org 2: o superpacote para escritórios

Se existe um programa que pode substituir o Microsoft Office é certamente o OpenOffice.org 2. Este pacote
de aplicativos é composto por seis componentes:

Writer – Editor de textos bastante completo.
Na versão atual, ele pode ser usado sem grandes problemas em empresas, já que oferece compatibilidade quase que total com os arquivos .DOC do software da Microsoft. O menu do Writer também está cada vez mais parecido com o do concorrente, o que acelera a curva de aprendizado dos usuários.

Impress – Software para criar apresentações.
O ponto forte do Impress está na facilidade de uso. Ele conta com diversos modelos prontos para serem usados, tanto em 2D quanto em 3D. Além disso, há um kit completo para fazer desenhos e diagramas, recurso bastante usado na maioria das apresentações.

Math – Componente para escrever equações matemáticas.
Como uma boa parte do Linux é formada por acadêmicos, este componente se desenvolveu bastante e atende bem matemáticos, engenheiros e praticamente todo tipo de cientista. Depois, as equações criadas podem ser inseridas em outros programas do OpenOffice.org, como o Calc e o Impress.

Draw – Pacote para desenhar.
Neste ponto o OpenOffice.org está à frente de seu  concorrente comercial. Ele é excelente para criar diagramas e conta com controles 3D que dão um visual bastante elaborado a seus desenhos.

Calc – Planilha de cálculos.
Apesar de ser um componente muito poderoso, é certamente o que vai oferecer mais resistência em um processo de migração. Isso porque suas funções não estão nos mesmos lugares que as do Excel, o que fará com que os usuários estranhem um pouco no começo. Mesmo assim, há uma boa compatibilidade entre os dois, principalmente
com planilhas comuns. Já os documentos mais complexos, que contam com dezenas de relacionamentos e tabelas pivô, podem apresentar problemas nas conversões.

Base – Banco de dados integrado.
Esta é uma das principais novidades da versão 2 do OpenOffice.org. Permite criar, modificar e excluir tabelas com certa facilidade, de tal forma que os usuários façam consultas na linguagem SQL. É um software excelente, mas ainda não pode ser comparado ao Access.

Leia mais:
Evolution: a evolução do e-mail
Gimp: quase um Photoshop para Linux
Gaim: o comunicador instantâneo universal
Firefox: navegador a toda prova

Evolution: a evolução do e-mail

Atualmente, um leitor de e-mails deve oferecer bem mais do que simplesmente abrir e enviar mensagens. Ele deve ser uma verdadeira ferramenta de colaboração, permitindo que vários funcionários se comuniquem e marquem reuniões e compromissos sem saírem de suas mesas. Esta é a idéia do Evolution, um software que faz parte do projeto Gnome.

Talvez sua principal vantagem em relação aos outros leitores de email seja o fato de não existirem vírus para o Evolution. Mesmo sem um software de antivírus instalado, você pode abrir seus anexos com toda segurança e sem correr o risco de ter o computador infectado.

Além disso, o software também conta com calendário integrado, gerenciador de contatos, bloco de anotação e administrador de tarefas. A aparência lembra muito a do Outlook 2003, mas com a vantagem de ele ser totalmente gratuito.

Já no quesito compatibilidade, o Evolution dá de dez em qualquer outro software existente. Suas opções de conexão são muitas, indo desde uma simples conta POP3 ou IMAP4 a complexos softwares de colaboração, como o Exchange, da Microsoft, e o Groupwise, da Novell.

Leia mais:
OpenOffice.org 2: o superpacote para escritórios
Gimp: quase um Photoshop para Linux
Gaim: o comunicador instantâneo universal
Firefox: navegador a toda prova

Gimp: quase um Photoshop para Linux

Independentemente do seu tipo de trabalho, sempre aparece aquela imagem que precisa de uma correção ou está grande demais para ser enviada por e-mail. Para casos como esses, os usuários do Linux podem contar com o Gimp, um software de edição de imagens gratuito que pode ser usado tanto por amadores quanto por profissionais.

Para o dia-a-dia, as funções de ajustes de brilho, contraste e cores facilitam bastante a vida. Depois que a imagem está pronta, é só usar a função de redimensionamento, salvá-la com o tamanho desejado e enviar por e-mail.

Um ponto positivo do Gimp é que ele é bastante intuitivo. Apesar de ser completamente diferente dos programas de edição de imagem, a maioria das pessoas aprende as tarefas básicas com apenas alguns minutos de uso.

Já para os usuários avançados, o programa conta com alguns recursos que misturam imagens vetoriais ao desenho bitmap e vem com diversos filtros que podem melhorar (ou piorar, dependendo das habilidades do usuário) a qualidade das fotos. Há versões para vários sistemas operacionais, incluindo o Linux, o Windows, o Unix e o MacOSX.

Leia mais:
OpenOffice.org 2: o superpacote para escritórios
Evolution: a evolução do e-mail
Gaim: o comunicador instantâneo universal
Firefox: navegador a toda prova

Gaim: o comunicador instantâneo universal

Um software para comunicar-se com o AIM, outro para o IRC, outro para o MSN, outro para o Yahoo, e por aí vai. Você não precisa de nada disso se optar pelo Gaim, um comunicador instantâneo para Linux que reúne tudo isso em um software só. Os contatos aparecem todos em uma lista, permitindo que você converse com diversas pessoas ao mesmo tempo, independentemente do comunicador instantâneo que elas utilizam.

Nas primeiras versões do Gaim, havia certa incompatibilidade com o Messenger, o que fazia com que a conexão caísse sem nenhum motivo aparente. Mas hoje isso foi totalmente resolvido e o software está bastante estável e confiável. Além disso, ele também permite a troca de arquivos (algo que as versões anteriores não permitiam) e roda bem mesmo em ambientes bloqueados por firewall.

Os dois únicos problemas que encontramos foram os sons que vêm configurados como padrão – são no mínimo irritantes – e o fato de não ser possível adicionar uma foto personalizada ao comunicador pessoal.

Leia mais:
OpenOffice.org 2: o superpacote para escritórios
Evolution: a evolução do e-mail
Gimp: quase um Photoshop para Linux
Firefox: navegador a toda prova

Firefox: navegador a toda prova

Se você experimentou os primeiros navegadores para Linux há alguns anos e ficou com uma má impressão, dê uma segunda chance ao sistema operacional gratuito. As versões mais recentes do Firefox não têm nada a ver com as primeiras. Agora, ele é capaz de navegar em 100% das páginas Web, exibindo conteúdo dos mais variados tipos. Quando você entra em uma página que precisa de um plugin especial, o Firefox automaticamente o encaminha até o link para download. Tudo muito prático e sem segredo.

Outro ponto positivo é a integração do Firefox com o Evolution. Esta combinação permite que você leia seus e-mails a partir do navegador com grande facilidade. A versão mais recente do Firefox também já conta com a barra de pesquisa do Google integrada, de forma que o usuário não precise entrar no site deste famoso serviço na hora de fazer sua busca. As fontes utilizadas na navegação também são perfeitas. Apesar de serem um pouco diferentes das do Windows, você rapidamente se acostuma e não depara mais com os antigos problemas de formatação.

Já quem tem aquele “espírito de usuário avançado” pode instalar uma série de extensões que adicionam recursos como um gerenciador de download de vídeos. Também é possível adicionar temas personalizados, que farão com que ele fique com a sua cara.

Leia mais:
OpenOffice.org 2: o superpacote para escritórios
Evolution: a evolução do e-mail
Gimp: quase um Photoshop para Linux
Gaim: o comunicador instantâneo universal

 

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s