HD faz 50 anos

Redação da PC WORLD

O RAMAC Computer, da IBM, lançado no dia 13 de setembro de 1956, tinha capacidade para armazenar apenas 5 MB e custava 50 mil dólares

RAMAC Computer, lançado no dia 13 de setembro de 1956, tinha capacidade para armazenar apenas 5 MB e custava 50 mil dólares

Nesta quarta-feira (13/09), a primeira unidade de memória com discos magnéticos lançada pela IBM completa 50 anos de idade. O RAMAC Computer foi lançado no dia 13 de setembro de 1956 e tinha capacidade para armazenar apenas 5 MB; um HD de grande capacidade pode guardar, atualmente, mais de 200 TB, 42 milhões de vezes mais que o primeiro disco rígido.  E custava nada menos que 50 mil de dólares.

Também conhecido como de IBM 350, o equipamento continha uma unidade composta por cinqüenta discos magnéticos com sessenta centímetros de diâmetro cada. Os discos representavam um avanço em relação à fita magnética, que era utilizada na época. Isso porque com eles era possível separar e atualizar as informações em frações de segundos, enquanto a fita exigia ser rebobinada para encontrar os dados que interessassem.

O equipamento só chegou ao Brasil em 1959 (veja a foto abaixo), e ficou em exibição na Exposição de Processamento Eletrônico de Dados, que aconteceu em fevereiro de 1961, em São Paulo.

hd50anos

As primeiras empresas a adquirirem a memória faziam parte do setor automotivo: a Volkswagem do Brasil o instalou em sua fábrica de São Bernardo do Campo e, posteriormente, a General Electric do Brasil adquiriu um e o alocou em uma unidade do Rio de Janeiro.

Até meados de 1960, as fábricas da IBM nos EUA e na Alemanha produziram cerca de seis mil unidades do RAMAC.

Veja a evolução dos dispositivos de armazenamento da companhia:

Década de 1960: discos removíveis (IBM 3330 e 3350) com capacidade de 2 MB por disco

Anos 70: floppy disk (disquete) e mídias ópticas regraváveis no disco.

Década de 1980:
a primeira memória cachê surge em 1988 e em 1990 é anunciado um equipamento com a primeira função de Ready Dual Copy.

Anos 90:
primeira implementação de funções de Disaster Recovery, em 1994; em 1999 surge a linha Shark, servidores de armazenamento

Século XXI:
Até 2005, a empresa aumentou a capacidade de seus discos de 17 GB para 300 GB e anunciou soluções para formação de redes de armazenamento, ou SANs (Storage Área Network). Em setembro de 2004 foi lançado o DS 8000, com capacidade de 200 TB, para todos os ambientes de servidores.

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s