Cuidado com os messengers

(http://pcworld.uol.com.br/especiais/secworld/archive/2006/09/01/cuidado-com-os-messengers)

Os softwares de mensagens instantâneas são extremamente populares e quase nunca associados pelos usuários a riscos de segurança. “Vírus? Isso é coisa que chega por e-mail”, acreditam muitos internautas.

Mas essa visão está completamente equivocada. Segundo a McAfee, hoje, os ataques realizados por hackers via programas de instant messenger são tão comuns quanto os via correio eletrônico. “Os hackers gostam de atacar as mensagens instantâneas porque podem usar portas de rede que já estão abertas”, ressaltam os especialistas Paula Dunn e Richard Medugno, em um artigo divulgado pela empresa de segurança.

Através dos softwares de mensagens instantâneas, é possível roubar dados, saber se as máquinas infectadas estão conectadas, transferir arquivos nocivos e até disparar um ataque de DoS (negação de serviço), sobrecarregando o computador da vítima com um grande volume de mensagens.

Nossa, mas eu devo parar de usar esse tipo de programa? Não, não é preciso ir tão longe. Basta tomar alguns cuidados. Confira dez dicas de segurança para o uso de mensageiros eletrônicos e continue em contato com seus amigos.

1)    Não use seu nome, e-mail verdadeiro ou outras informações pessoais que permitam sua identificação como apelido

2)    Nada de publicar seu nome de usuário em sites ou deixar disponível na página do Orkut.  Isso evita o spim (spam de mensagens instantâneas). E configure o software para bloquear mensagens de desconhecidos

3)    Como o conteúdo das mensagens pode ser interceptado, não divulgue dados como senhas durante um bate-papo online

4)    Configure seu programa para que ele não abra automaticamente quando o sistema é carregado

5)    Quando o sistema não estiver em uso, feche o aplicativo e a conexão com a internet

6)    Cuidado ao compartilhar arquivos via mensageiros, principalmente os com extensões como .EXE, .SCR, .BAT e .VBS

7)    Use programas de proteção como antivírus, anti-spyware, anti-spam e firewall

8)    Configure o antivírus para checar automaticamente arquivos que acompanham e-mails e mensagens instantâneas

9)    Atualize seus softwares com freqüência para combater a exploração de vulnerabilidades

10)     Se você tem filhos, monitore e limite o uso dos programas de mensagens instantâneas

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s